sábado, 27 de setembro de 2014

Primeiro mês com meu bebê! - Minha experiência (e dificuldade) com a amamentação

Postado por Erika Gomes às 18:56 3 comentários
Olaa! Demorei um pouquinho para vir aqui no blog contar como as coisas estao por aqui, com o baby a coisa fica meio difícil né haha. Mas agora que está tudo bem tranquilo, consegui um tempinho (assim como no post anterior, enquanto ele dorme hehe).
Vim contar como tem sido nosso primeiro mês com o Leo! Decidi começar contando desde a maternidade...eu estava UM CACO! A internação foi horrível! Foram 2 dias e meio que pareceram uma eternidade! Aff, não via a hora de vir para casa. No hospital o Leo não mamava direito e dos 3,345kg que nasceu, perdeu 345g logo no primeiro dia! As enfermeiras começaram a mandar copinhos de complemento para dar pra ele de 3 em 3 horas depois de mamar. Eu não quis dar de jeito nenhum! No desespero dei das duas primeiras vezes que mandaram. Mas sempre insistindo no peito, depois que vi que ele ficou com muitos gases, joguei todo o leite artificial que mandaram depois fora. Infelizmente o auxilio que me deram na amamentação enquanto estávamos lá não foi muito bom. Eu pedia ajuda, as enfermeiras enfiavam meu peito na boca dele e saiam, não me ensinavam nada! Quando ele soltava eu não sabia colocar de volta e ele não pegava direito... quase tivemos que ficar mais um dia por lá! Passei a ultima noite lá desesperada tentando fazer ele pegar o peito, e até que no último dia ele mamou um pouquinho melhor.. eu quase chorei quando pesamos ele na manhã do último dia, mas deu tudo certo e tivemos alta! Olha que lindinho ele com a saída maternidade ♥
Quando chegamos em casa, a primeira noite foi bem complicada. Meu maior medo era ele não mamar bem, perder mais peso e precisar de complemento... meu maior sonho (e preocupação) sempre foi poder amamentar ele exclusivamente até os seis meses. Uma meia hora depois que entramos em casa, ele acordou! E eu morrendo de medo fui tentar dar o peito, ele ficou uns 10 minutinhos, soltou e dormiu! Me desesperei e na hora pedi pro Matheus comprar uma bombinha para mim na farmácia, se fosse pra dar mamadeira, seria do meu próprio leite! 

Logo que ele voltou, o Leo acordou de novo, tentei dar o peito mais uma vez e YAY, ele pegou pra valer. Ficou mais de meia hora mamando, fiquei super feliz! Ele dormiu de novo e começou a acordar de três em três horas para mamar. 

Durante a gravidez eu não me preocupei muito em preparar os seios para amamentar. Vivia vendo pessoas dando dicas de passar bucha de banho e etc. Mas me dava aflição! Só nos últimos meses que usei pomada de lanolina para hidratar. Mas não adiantou muito. Do lado esquero o Leo mamava super bem, mas o direito parecia ficar mais cheio que o outro, e ele pegava errado, eu cheguei a chorar para dar esse peito para ele! Sentia muita dor, principalmente na hora que ele começava a mamar, puxava forte e doía muuito! Sentia a dor descer pelo braço até o cotovelo (sério!).

Quando o Leo tinha uns 8 dias fomos num retorno na maternidade. Eles marcam essa "consulta" para ver quanto peso ele ganhou desde o nascimento, tirar dúvidas e ensinar a fazer a "pega" correta na hora de amamentar. Nesse dia sim que me ajudaram! Aprendi que, quando o seio está muito cheio o bebê não consegue pegar direito e machuca (exatamente o que acontecia comigo). Me ensinaram a esvaziar um pouco antes dele mamar etc. A enfermeira que deu essa "aulinha" era um amor! Tinha mulheres sofrendo MUITO para amamentar e ela ajudou uma por uma, tirando duvidas e acabando com aqueles mitos "de vó". Por exemplo: mamar 15 minutos em cada peito, beber cerveja preta (ou comer milhares de coisas feitas com leite) para produzir mais leite, entre outros. Uma frase que ela disse e acho que nunca vou esquecer: "leite não faz leite". Não adianta se entupir de canjica e não se alimentar direito!

Pesaram bebê por bebê e supresa! Leo recuperou o peso do nascimento! Fiquei super feliz e encorajada a continuar amamentando, mesmo morreeeeendo de dor! Voltei a usar lanolina e me empenhei em colocar ele certinho para mamar. Meu mamilo direito não chegou a sangrar, mas ficou com uma ferida grande no canto, parecia que faltava um pedaço (chorei). Mas eu fui insistindo em dar, gritando, chorando, me torcendo toda, mas dei! 

Foi melhorando e agora está quase 100%, ainda dói um pouquinho mas nada se compara como nos primeiro dias. 

Mesmo com todas as dores e medos da amamentação, hoje sempre que vejo alguma recém mãe como eu pensando em desistir incentivo ao máximo! Sei que existem casos de real necessidade de complemento, mas enquanto ha a possibilidade de amamentar, é com certeza o melhor a fazer!

Hoje o Leo está com 50 dias, pesando 6kg, mamando apenas no peito! Não tem nada mais satisfatório que isso, ver que MEU leite é o suficiente para o MEU bebê! Que ele é saudável e forte graças a MIM! Nada paga isso, nem o leite artifical mais top de todos, nenhuma latinha dessas pode trazer um vínculo tão grande quanto o da amamentação! ♥ 

Fica uma foto do meu gordinho pra vocês, eu ia fazer um post só para falar sobre tudo, mas decidi focar na parte da amamentação em um só, fiquei tão feliz que ele tem ganhado peso bem que precisei falar só disso e de como tem sido importante para mim! Beijoss e até o próximo post, que será a segunda parte do primeiro mês hihi. *: 


sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Fotos que quero tirar com meu bebê!

Postado por Erika Gomes às 09:03 0 comentários
Foto de bebê é a coisa mais linda né gente! Tão fofinhos e pequenininhos *-*. Sempre que vejo uma foto legal com bebês fico imaginando o quanto quero registrar o máximo possível as coisas com o Leo. Afinal, como todos dizem, eles crescem tão rápido né... Separei algumas idéias que me inspiraram e que com certeza vou querer ter fotinhos assim dele, preparem-se para babar horrores com esses bebês tão fofos!

Mês a mês! 
Acho um dos mais bonitos dos registros do crescimento do bebê! E também que é o registro com mais opções, uma mais fofa que a outra!



Adoro esses bodys com números, também fica legal fazer com plaquinhas!


Fotos externas!
As que acho mais bonitas são essas na grama, em parques etc. Podem ser apenas do bebê, com os pais, irmãos, cachorro...uma graça!




Detalhes!
Quem não ama perninhas gordinhas de neném? E os pézinhos, mãozinhas...? É tudo tão pequeno, delicado e fofo, vale registrar cada um.





Essa com as alianças dos pais nos dedinhos é linda! E uma opção bem diferente para fazer foto de pezinhos *-*.

Dia a dia!
Fotos dele dormindo, trocando fraldas, tomando banho, da primeira papinha, com o papai, são além de fofas, registros para a vida toda! Chegam a ser até mais legais que as de estúdio, já que são tiradas por você mesmo, sem contar que tem um valor sentimental muito grande. *-*






E essa cheio de beijinhos da mamãe? Uma fofura só!!

Bom, por enquanto é isso! Quando fizer as minhas com o Leo com certeza postarei aqui *-*. Acompanhem também a página do blog, se eu achar mais fotos compartilho com vocês por lá também! 
Espero que tenham gostado dessas lindezas, beijinhos e até o próximo post. 


PS: todas as fotos foram retiradas do Google! Se souber de quem é alguma dessas fotos pode deixar nos comentários e credito devidamente (:



domingo, 7 de setembro de 2014

Meu Relato de Parto!

Postado por Erika Gomes às 17:37 2 comentários
Finalmente vim falar sobre o mais polêmico assunto da gravidez: o parto! Quem não morre de medo da dor de parto? Sempre tem aquela história trágica da tia da prima da amiga da vizinha, aquela pressão toda de parto normal ou cesária, a avó dizendo que teve tantos filhos em casa, e sempre alguém (tipo minha mãe) dizendo que dói muito e que quer ver você aguentar... Resumindo, sempre tem algo ou alguém pra nos assustar e desesperar sobre o assunto parto!

Desde o começo eu fui diferente de muitas pessoas que conheço, dei preferência pro parto normal, queria o mais natural possível, morro de medo de cirurgias e me daria muito mal com o pós operatório de cesária, só de pensar em todos aqueles pontos me dá aflição!... Mas como contei no diário de gravidez, não pude ter meu parto em uma Casa de Parto por causa do Streptococcus Positivo né.. aí a maior preocupação passou a ser o medo das intervenções do hospital, violência obstétrica, sorinho etc... Mas vamos ao relato que explico melhor!

No dia 06/08, com 40 semanas e 5 dias, eu tive consulta de pré natal, não dormi nada aquela madrugada, preocupada achando que a médica ia me mandar para induzir o parto, e estava sentindo muitas pontadas e incômodos. Eu estava sentindo isso a bastante tempo, mas aquela noite estavam mais frequentes, mas ignorei porque todas as vezes não era nada demais, acho que já tinha desanimado um pouco. Na útima vez que tinha ido em consulta, estava com 2cm de dilatação, só! Fui virada para a consulta, e as dorzinhas incomodando cada vez mais, anotei algumas que vinham de 10 em 10 minutos, mas depois perdiam ritmo... Quando foram umas 10h (eu estava lá desde as 8!) a médica me chamou, fez um exame de toque e eu tinha 3cm!! Ela descolou minha bolsa (sem me perguntar, mas ok né, já tinha ido e eu nem senti..) e disse "ah, eu 'descolei' sua bolsa ta? (Na hora eu ouvi "estourei" kkk) Agora é só esperar e ir pro hospital quando a dor ficar forte"Fiquei doida! Liguei para o Matheus e combinamos que quando as dores estivessem punk mesmo aí sim ele iria para casa para irmos pra maternidade. Eu nunca quis ir direto pra maternidade logo que sentisse dores, porque já sabia que iam querer acelerar ao máximo o parto, então decidi que ficaria o máximo possível de tempo em casa aguentando..

 

Vivendo Para Dois Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos